sáb. ago 8th, 2020
Expressões idiomáticas americanas

Conheça novas expressões idiomáticas americanas

Já falei aqui no blog sobre as expressões idiomáticas americanas. O texto ficou tão legal e teve uma resposta tão positiva que voltei trazendo novas formas de se comunicar nesse sentido.

Não é de se espantar que esse assunto seja do interesse de todo mundo que está aprendendo, já que essa é uma forma de ser fluente de verdade. Quem não tem essa habilidade, dificilmente vai entender o que as pessoas realmente querem comunicar quando usam em uma conversação.

Para expandir ainda mais seus conhecimentos, leia o post até o final e treine cada uma delas. Vamos lá?

(To be) up in the air

Se você conhece um pouco de inglês, é fácil pensar que essa expressão signifique algo que está nos ares, como um balão de gás hélio, um passarinho ou até um avião, não é mesmo? Só que ela não tem o mesmo significado em inglês.

Quando usam essa expressão em uma frase, quer dizer que as coisas ainda estão meio indefinidas, ou seja, meio “soltas no ar”. Isso significa que não existe nada de concreto ali.

Ex: I don’t have a date for my wedding. Some things are still up in the air.

(Eu ainda não tenho uma data para o meu casamento. Algumas coisas ainda estão indefinidas)

(To) lose your touch

Essa expressão tem um sentido um pouco mais literal, o que significa que você pode traduzir e ver como faz mais sentido mesmo estando ao pé da letra. Ela significa perder (to lose) a capacidade de sentir ou tocar (touch).

Ainda assim, em uma conversa, seu sentido costuma exprimir algo que você perdeu, como uma capacidade ou um talento que tinha antes e agora não tem mais.

Ex: It looks like you lost your touch about how to play guitar.

(Parece que você desaprendeu a tocar violão)

(To) kill two birds with some stone

Esta é uma das expressões idiomáticas americanas que também temos equivalente no Brasil. Ela possui leves alterações na forma de falar, mas com o mesmo sentido. Em tradução literal ela significa “Matar dois pássaros com apenas uma pedra” e é bem similar ao nosso “matar dois coelhos com uma cajadada só”. Ou seja, pode usar sempre que quiser expressar a mesma ideia!

Ex: I went out to meet my friends and solve my problems. I killed to birds with one stone.

Eu saí para encontrar meus amigos e resolver meus problemas. Matei dois pássaros com uma pedra só.

You can’t judge a book by its cover

Se você consegue traduzir essa frase, então não precisa se preocupar com o resto. Isso porque sua expressão literal quer dizer exatamente a mesma coisa — e já estamos acostumados com isso aqui no Brasil.

Para quem não sabe, quer dizer que não podemos julgar um livro pela capa, ou seja, não podemos julgar pelas aparências.

Ex: I thought this movie would be horrible; turns out you can’t judge a book by its cover.

(Eu pensei que esse filme seria horrível; mais uma prova que não podemos julgar um livro pela capa).

(To) feel under the water

Essa está entre as expressões idiomáticas americanas mais famosas. E, para os mais desavisados, é bom lembrar que não tem nada a ver com afogamento. Na verdade, essa expressão é usada para simbolizar quando você se sente mal.

Ex: I’m feeling under the water after lunch.

(Estou me sentindo mal depois do almoço).

(To) shot the breeze

Essa é uma das expressões idiomáticas americanas que é usada para sinalizar que as pessoas estão jogando conversa fora, ou seja, batendo papo sem nenhum tipo de compromisso.

Ex: We were just shooting the breeze.

(Nós estávamos apenas jogando conversa fora)

I cross my heart

Essa é outra expressão muito usada pelos americanos, principalmente porque eles usam menos o nosso famoso “eu juro” — que seria “I swear”. Por isso, essa expressão funciona mais ou menos como um juramento, sempre expressando como uma pessoa quer dizer uma coisa com toda seriedade.

Ex: I didn’t say anything. I cross my heart!

(Eu não disse nada. Eu juro por Deus)

Depois de conhecer um pouco mais sobre famosas expressões idiomáticas americanas, não perca a oportunidade de usar cada uma delas nas suas conversas. Assim você mostra que realmente domina o inglês, encantando os nativos e outros fluentes na língua.

E aí, conhece outra opção famosa que ainda não compartilhamos aqui? Comente no espaço abaixo e ensine outras pessoas também. Essa é uma ótima forma de ensinar e aprender!

Compartilhe este artigo com seus amigos: