sex. nov 27th, 2020
Inglês corporativo

Inglês corporativo: como capacitar os colaboradores?

Uma empresa que se diferencia está sempre buscando capacitar os colaboradores, não é mesmo? Essa é uma forma de reter os talentos e fazer com que eles percebam ainda mais valor de trabalhar ali. Se essa é a sua situação, então vale lembrar que oferecer um curso de inglês corporativo é um grande ganho. Com todo o peso que essa habilidade tem nos dias de hoje, essa é uma forma de tornar o seu time mais capacitado e pronto para os desafios do mercado.

Ficou curioso? Veja hoje que caminhos seguir e como deixar sua galera pronta para esse momento.

Quais as principais opções?

Inglês tradicional

Os cursos de inglês presenciais são a forma  mais tradicional de estudar inglês — mas não são a única saída.  Você pode optar pelas escolas de idiomas ou pela contratação de um professor “particular”, que consegue treinar todo o time.

Eles contam com salas específicas para cursos de inglês corporativos, o que pode facilitar bastante. Como você deve imaginar, os preços podem ser um pouco mais altos, mas essa pode ser uma maneira de manter todo muito treinado e capacitado.

Cursos de inglês online

Os cursos de inglês online vêm se firmando cada vez mais como uma tendência quando o assunto é a forma de aprender. Na comodidade do seu lar e sem o desgaste do deslocamento, essa é uma maneira de ampliar seus conhecimentos sobre o que quiser.

No caso do inglês corporativo, por exemplo, essa pode ser uma ótima alternativa. Os cursos de inglês também já existem nessa plataforma — e prometem ganhar cada vez mais espaço. Procure um professor capacitado e invista nessa opção para treinar seu time e conquistar resultados ainda melhores.

Como escolher o melhor curso para minha empresa?

Para saber quais pontos considerar antes de fechar negócio, não deixe de ler abaixo:

Opte por um curso que explore todas as habilidades

Para ter um conhecimento completo de inglês, é fundamental focar nas 4 habilidades: escuta, fala, escrita e leitura. Portanto, um curso de inglês corporativo completo deve focar em todas essas habilidades — o que é um verdadeiro diferencial.

Fique de olho no que ele foca. Se oferece a possibilidade de treinar e capacitar em cada uma dessas frentes. Assim, pode considerar como uma boa alternativa. Caso não ofereça essa linha completa, é bom ponderar com mais calma e entender se você pode conviver com seus colaboradores sem esses pontos e habilidades.

Verifique o nível do professor

Um professor tem um papel fundamental no ensino de qualquer matéria — e já explorei esse assunto outras vezes aqui no blog. Fique de olho no tipo de capacitação que ele tem, se é realmente uma pessoa fluente no idioma e se tem didática para compartilhar tudo que sabe.

Afinal de contas, a pessoa pode ser completamente técnica e não ter trato para dar aula, concorda?

Somado a isso, veja também se esses professores estão atualizados com o inglês corporativo. Como se exige uma atuação e detalhamentos mais específicos, é muito importante que os professores tenham todo esse conhecimento para conseguir compartilhar.

Busque opinião na internet

A internet é uma grande aliada e pode oferecer informações valiosas sobre várias coisas. No caso do curso de inglês não é diferente.

Você pode encontrar muitas informações sobre o andamento do curso, alunos que já experimentaram esse conteúdo e outros detalhes importantes. Tudo isso é considerado insumo para entender se você está ou não no caminho correto. E também pode dar ainda mais segurança antes de fechar um contrato para seus colaboradores.

Analise o material didático utilizado

O material complementar é crucial para o sucesso de qualquer curso, principalmente curso de inglês. Fique de olho nos livros que serão utilizados nesse tempo e outros materiais que serão disponibilizados durante as aulas. Não importa se são enviados por e-mail ou distribuídos no próprio ambiente.

Essa é uma maneira de ter ainda mais contato com a língua e que pode facilitar muito na hora de aprender para valer, afinal de contas, quanto mais imerso você fica, melhor.

Considere o custo-benefício

Como essa é uma vantagem que você oferece para seus colaboradores, é muito importante considerar o custo-benefício. Pense quanto você está investindo nesse canal e os possíveis retornos que pode ter (e mensure tudo isso de tempos em tempos).

Encontrando uma opção eficiente e que consiga transmitir esses pontos para seus colaboradores (e tenha um preço aceitável), não perca a chance de fechar negócio!

Agora que você já entende melhor que o curso de inglês corporativo pode ser uma boa maneira de capacitar seu time, não deixe de investir nesse ponto. Você e seu negócio vão colher muitos benefícios com essa medida.

Compartilhe este artigo com seus amigos: